Abaixo-assinado: professores municipais pedem ‘união da esquerda’ em BH

Entidade quer PT, PSOL e PDT unidos na campanha
A princípio, no plano dos dirigentes locais, a candidatura será de quem melhor pontuar nas pesquisas até julho
Na sexta, Duda e Rogério se reuniram com os presidentes nacionais do PT e PDT (Foto: Divulgação/PT)

Ganhou força um abaixo-assinado digital criado por membros do Sindicato dos Trabalhadores em Educação da Rede Municipal de Belo Horizonte (SindRede-BH), pedindo união entre partidos e o lançamento de uma candidatura única do campo da esquerda à Prefeitura da capital. O documento, que circula de forma online, tem repercutido bastante dentro dos partidos.

Na descrição do pedido, os organizadores colocam a deputada estadual Bella Gonçalves (PSOL) e os deputados federais Rogério Correia (PT) e Duda Salabert (PDT) como nomes possíveis para a união.

A iniciativa ganha espaço em meio às negociações partidárias entre dirigentes nacionais do PT e interlocutores do PSD – especialmente o ex-ministro Gilberto Kassab e o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco. Ambos ainda tentam convencer os petistas a apoiarem a reeleição de Fuad Noman (PSD).

O Fator mostrou na semana passada que a esquerda mineira ainda debate os rumos possíveis em BH.

A propósito, interlocutores de outros partidos levantaram a hipótese de que o abaixo-assinado desta segunda-feira (27) possa ser um “movimento informal” do Sind-UTE, sobre o qual a deputada estadual Beatriz Cerqueira (PT) exerce influência, e é aliada de primeira hora do pré-candidato do PT, Rogério Corrêa.

O texto do manifesto registra a “preocupação com o cenário eleitoral do município”, com as primeiras pesquisas eleitorais mostrando que “as candidaturas da extrema-direita e da direita tradicional têm se destacado como favoritas na disputa pela prefeitura”.

Sugere, ainda, que os candidatos da direita ameaçam a categoria, com propostas de “privatização e terceirização dos serviços públicos”, “defesa do controle ideológico do conteúdo ensinado nas escolas”, entre outras pautas. “Propomos que os partidos de esquerda, com suas pré-candidaturas – Bella Gonçalves (PSOL), Duda Salabert (PDT) e Rogério Correia (PT) – realizem um debate com o objetivo de construir consensos e reduzir arestas em torno de uma plataforma de unidade”.

Leia também:

STF vira palco de nova batalha judicial sobre ações de prefeituras contra mineradoras no exterior

A queda de braço entre o PT e o PRD pelo apoio do Republicanos em Contagem

Pontapé inicial do novo PTB em Minas tem Saraiva Felipe, Apolo Heringer e ex-deputados

Veja os Stories em @OFatorOficial. Acesse