Gasmig anuncia maior investimento em uma década

Estatal mineira vai investir R$ 1,2 bilhão entre 2023 e 2027 em projetos de expansão
A Gasmig afirma que os investimentos serão financiados com recursos próprios e linhas de crédito, sem impacto nas tarifas cobradas dos consumidores. Foto: Divulgação
Mudanças à vista na empresa pública mineira. Foto: Divulgação

A Gasmig, empresa de distribuição de gás natural no estado de Minas Gerais, anunciou seu maior investimento nos últimos 10 anos. De acordo com a companhia, serão investidos R$ 1,2 bilhão entre 2023 e 2027 em projetos de expansão e modernização de sua rede de distribuição.

Objetivos do Investimento

O plano de investimentos da Gasmig tem como principais objetivos:

  • Ampliar a rede de distribuição de gás natural em 1.800 quilômetros, atingindo novos municípios e regiões do estado.
  • Instalar 180 mil novos medidores residenciais e comerciais, aumentando o número de clientes atendidos.
  • Modernizar e reforçar a infraestrutura existente, garantindo a segurança e confiabilidade do fornecimento de gás.

Impactos Esperados

Segundo a empresa, os investimentos devem gerar impactos positivos para a economia mineira e para a população, incluindo:

  • Criação de aproximadamente 10 mil empregos diretos e indiretos durante a execução dos projetos.
  • Expansão do acesso ao gás natural, uma fonte de energia mais limpa e econômica, para residências, comércios e indústrias.
  • Redução das emissões de gases de efeito estufa, contribuindo para a sustentabilidade ambiental.

A Gasmig afirma que os investimentos serão financiados com recursos próprios e linhas de crédito, sem impacto nas tarifas cobradas dos consumidores.

Reações e Perspectivas

O anúncio do plano de investimentos foi recebido com otimismo por autoridades e representantes do setor produtivo. O governador de Minas Gerais elogiou a iniciativa, destacando sua importância para o desenvolvimento econômico e a geração de empregos no estado.

Entidades empresariais também manifestaram apoio, ressaltando os benefícios da expansão do gás natural para a competitividade das indústrias mineiras.

No entanto, alguns analistas ponderam que a execução dos projetos dependerá de fatores como a obtenção de licenças ambientais, a disponibilidade de mão de obra qualificada e a estabilidade econômica do país.

Leia também:

Para se dedicar à campanha em Contagem, Junio Amaral se licencia do mandato de deputado federal

Justiça determina bloqueio de R$ 137 mil de influencer que fez ‘caça ao tesouro’ na Praça do Papa

MPF quer suspender atividades da Vale em empreendimento na Cava da Divisa

Veja os Stories em @OFatorOficial. Acesse