Novo presidente da Vale será conhecido em dezembro

Empresa de auditoria que vai conduzir o processo de sucessão na presidência da mineradora será escolhida até 30 de junho
Caminhões trafegam por mina da Vale em Minas Gerais
Vale negocia repactuação dos danos da tragédia de Mariana. (Foto: Tânia Rêgo/Agência Brasil)

O novo presidente da Vale tem previsão para ser apresentado em 3 de dezembro. O processo de sucessão na mais alta cadeira da mineradora, ocupada atualmente por Eduardo Bartolomeo, está em fase de aprovação, e formalização de contrato. O novo executivo deve tomar posse no dia 1º de janeiro de 2025.

A contratação da empresa de consultoria que vai conduzir o processo será concluída até 30 de junho. A lista tríplice dos candidatos selecionados pela consultoria deve ser aprovada até 30 de setembro, conforme cronograma da Vale. Bartolomeo segue no cargo até 31 de dezembro.

A troca no comando da mineradora acontece em meio às discussões da repactuação da reparação dos danos causados pelo rompimento da Barragem do Fundão, em Mariana, na Região Central de Minas. A tragédia, considerada a maior em termos ambientais do país, deixou 19 mortos e destruiu distritos.

A Vale não tem facilitado as discussões na negociação pelo novo acordo. Nesta semana, a mineradora, a Samarco e a BHP Billiton propuseram aportar mais de R$ 90 bilhões no processo de reparação dos danos.

Desse total, R$ 72 bilhões seriam repasses em dinheiro, que seriam realizados ao longo de um período a ser determinado. Outros R$ 18 bilhões seriam para custear medidas a serem implementadas pela própria Samarco.

A mineradora também fechou um acordo semelhante em decorrência do rompimento da Barragem da Mina Córrego do Feijão, em Brumadinho, que aconteceu quase quatro anos após Mariana. A Vale terá que pagar R$ 37,6 bilhões na reparação. A tragédia deixou 270 mortos, entre as vítimas duas mulheres grávidas.

Leia também:

Fávaro vai à Câmara explicar fiasco no leilão de arroz

Cassinos voltam à mesa da CCJ do Senado

Justiça suspende atividades de mineradora na Serra do Curral em Belo Horizonte

Veja os Stories em @OFatorOficial. Acesse