As cobranças para Zema e Lula no Congresso da AMM

Desoneração da folha, reforma tributária e eleições municipais estão entre os temas
Zema estará presente no evento. Já Lula enviará um ministro. (Foto:

O governador Romeu Zema (Novo) e representantes do governo Lula (PT) terão que enfrentar cobranças de prefeitos durante o Congresso da Associação Mineira dos Municípios (AMM). O evento será realizado na terça (4) e quarta-feira (5) em Belo Horizonte.

A desoneração da folha de pagamento dos municípios, os impactos da reforma tributária na cidade e as eleições municipais deste ano estão entre as principais pautas. A renegociação da dívida dos estados com a União também será debatida.

Presenças

O ministro de Minas e Energia, Alexandre Silveira (PSD), representará o governo federal no evento.

Além dele, o presidente da Assembleia Legislativa (ALMG), Tadeu Martins, e o vice-governador Mateus Simões (Novo) também estarão presentes. Com agenda no Congresso Federal, o senador Rodrigo Pacheco (PSD) é ausência confirmada.

O principal “host” do evento será o presidente da AMM, o prefeito de Coronel Fabriciano e vice presidente da CNM, Doutor Marcus Vinícius (sem partido).

Discussões

A desoneração está pautada na PEC 66, que está sendo discutida segundo o prazo estipulado pelo Supremo Tribunal Federal (STF). medida pode representar uma conquista de quase R$ 500 bilhões para os municípios.

O ministro da Fazenda, Fernando Haddad, deve enviar, em breve, um projeto de lei para avançar a pauta da renegociação da dívida.

Leia também:

STF vira palco de nova batalha judicial sobre ações de prefeituras contra mineradoras no exterior

A queda de braço entre o PT e o PRD pelo apoio do Republicanos em Contagem

Pontapé inicial do novo PTB em Minas tem Saraiva Felipe, Apolo Heringer e ex-deputados

Veja os Stories em @OFatorOficial. Acesse