Escola de samba do Rio vai desfilar na Sapucaí com enredo pensado por deputado de MG; entenda

São Clemente prepara desfile sobre os animais com o apoio de Fred Costa, parlamentar do PRD mineiro
Foto mostra o desfile de 2022 da São Clemente, sobre Paulo Gustavo
Em 2022, quando desfilava no Grupo Especial, a São Clemente homenageou o ator Paulo Gustavo. Foto: Marco Antonio Teixeira/Riotur

Uma escola de samba do Rio de Janeiro terá DNA mineiro em 2025. Isso porque o enredo da São Clemente para o próximo carnaval foi pensado pelo deputado federal Fred Costa (PRD-MG). A escola levará, à Marquês de Sapucaí, um desfile sobre a proteção animal. O lançamento do enredo acontecerá nesta sexta-feira (28), em terras cariocas.

O tema-enredo, batizado de “A São Clemente dá voz a quem não tem”, vai falar, também, sobre a necessidade da adoção animal e do combate aos maus tratos.

As conversas entre Fred e a direção da escola sobre um enredo voltado à causa animal acontecem há alguns meses. A partir daí, nasceu a ideia de utilizar, como fio condutor do enredo, uma ode à proteção dos pets.

“Os animais são uma paixão da minha vida. É a causa que motiva, prioritariamente, meu mandato. Somado a isso, gosto muito de carnaval e torço para a São Clemente”, diz Fred, a O Fator.

O parlamentar participou da elaboração da sinopse do enredo. O texto, uma espécie de “guia” do desfile a ser construído, vai nortear os compositores da escola na elaboração do samba de enredo.

A lista de compositores do samba ainda não está definida. A São Clemente deve fazer um concurso interno para definir os autores da obra. Nos últimos anos, a agremiação teve canções assinadas pelo humorista Marcelo Adnet.

A identidade visual do enredo da São Celmente, que tem as cores preto e amarelo, também está, de certa forma, ligada a Fred. A logomarca do desfile do próximo ano terá São Francisco de Assis, protetor dos animais, abençoando a vira-lata caramelo Vivi, cuidada pelo parlamentar.

As fantasias utilizadas pelos componentes da agremiação, segundo Fred, não terão penas de animais, como foi de praxe por muitos anos no carnaval do Rio. Os recursos para subsidiar as roupas e os carros alegóricos serão captados pela Lei Rouanet. A escola ainda busca patrocínios privados para incrementar o orçamento.

A São Clemente disputa a Série Ouro — a segunda divisão da folia carioca. A agremiação vai desfilar do sábado para o domingo de carnaval — dias 28 de fevereiro e 1° de março.

Na disputa da Série Ouro, estão outras escolas tradicionais do Rio de Janeiro, como a União da Ilha do Governador, o Império Serrano e a Porto da Pedra.

A ligação de Fred Costa com as escolas de samba, aliás, vai além do gosto. Ele ajudou nas negociações que levaram Maria Lúcia Clementino Nunes, a Dona Lucinha, a ser o fio condutor do desfile do Salgueiro sobre a culinária mineira, em 2015.

Leia também:

Ou Kalil desmente Menin, ou é indigno como atleticano

PL marca data de convenção que vai oficializar candidatura de Engler em BH

Para se dedicar à campanha em Contagem, Junio Amaral se licencia do mandato de deputado federal

Veja os Stories em @OFatorOficial. Acesse