MPMG marca reunião pré-conciliação para discutir Stock Car em BH

O encontro acontece na próxima segunda-feira, às 16h, na sala Concensos

O Centro de Autocomposição do Ministério Público de Minas Gerais (Compor) discute,  na próxima segunda-feira, a etapa da Stock Car em Belo Horizonte. O órgão abriu procedimento para verificar a regularidade da autorização concedida pelo Conselho Municipal de Meio Ambiente  (Comam).

O encontro acontece às 16h, na sala Concensos. Além das partes envolvidas na organização do evento,  representantes da Prefeitura de Belo Horizonte também foram convidados. 

Promotorias de diferentes áreas analisam as autorizações concedidas aos organizadores para a etapa de BH.  Entre elas, o aval para o corte de dezenas de árvores no entorno do Mineirão para a realização da prova. 

Na quarta-feira, quando as espécimes começaram a ser retiradas, uma vistoria no local. 

Além disso, foi  solicitada toda a documentação para a realização do evento. 

Decisão da Justiça 

A Justiça de Minas Gerais determinou a suspensão do corte de árvores no entorno do Mineirão, na Pampulha. Decisão em caráter liminar é assinada pelo juiz Thiago Grazziane, da 3ª Vara de Fazenda Pública de BH.

A suspensão dos cortes é resultado de ação judicial protocolada pelos vereadores Pedro Patrus e Bruno Pedralva, do PT, que questionam os impactos da realização do circuito ao meio ambiente. Em sua decisão, Grazziane afirma que “o corte das árvores poderá acarretar danos irreversíveis para o meio ambiente e para os munícipes”.

Leia também:

STF vira palco de nova batalha judicial sobre ações de prefeituras contra mineradoras no exterior

A queda de braço entre o PT e o PRD pelo apoio do Republicanos em Contagem

Pontapé inicial do novo PTB em Minas tem Saraiva Felipe, Apolo Heringer e ex-deputados

Veja os Stories em @OFatorOficial. Acesse