O vai e vem de Zema para 2026

Zema ainda não decidiu se será candidato em 2026. Mesmo assim, já definiu que vai apoiar um candidato de direita
Governador Romeu Zema (Novo) durante reunião virtual na Cidade Administrativa
Governador Romeu Zema (Novo) diz está de prontidão para 2026 (FOTO: Governo de Minas / Divulgação)

Desde a decisão do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) de tornar Jair Bolsonaro (PL) inelegível,  o nome do governador de Minas Gerais, Romeu Zema (Novo), vem ganhando força como o representante da direita nas Eleições presidenciais de 2026. 

Mas,  Zema parece que ainda não está 100% decidido pela candidatura. Haja vista,  a mudança de posicionamento a cada entrevista. 

Nessa segunda-feira,  durante o Programa Pânico,  da Jovem Pan,  o chefe do Executivo mineiro cogitou concorrer ao cargo de presidente. 

“Estou hoje à frente de Minas para fazer o melhor pelo estado. Se tivermos uma boa gestão, formos bem avaliados, talvez esse caminho possa se concretizar no futuro, mas ainda não me preocupo com isso”, disse. 

“Em 2026, vou estar de prontidão para apoiar o melhor candidato da direita porque o que temos hoje não acerta e eu me sinto convocado automaticamente”, completou. 

Há 10 dias o discurso era diferente.  Em entrevista ao Super Canal,  ao ser questionado sobre as eleições presidenciais de 2026, Zema disse que não tinha pretensão de concorrer e que queria ser lembrando como um bom governador.  

Disse,  ainda,  que está na política “meio que sem planejamento” e que, se depender dele, voltaria para cidade natal (Araxá) para a atividade que sempre fez. E,  por fim,  disse que quer apoiar um bom candidato em 2026.

Leia também:

Fávaro vai à Câmara explicar fiasco no leilão de arroz

Cassinos voltam à mesa da CCJ do Senado

Justiça suspende atividades de mineradora na Serra do Curral em Belo Horizonte

Veja os Stories em @OFatorOficial. Acesse