Reunião de Zema com bancada mineira tem insatisfeitos e ‘baixa’ presença

Encontro tratou de pautas sobre dívida de Minas e repactuação de Mariana
Encontro de Zema com bancada mineira teve presença de 17 dos 53 deputados federais do Estado. Foto: Agência Minas
Encontro de Zema com bancada mineira teve presença de 17 dos 53 deputados federais do Estado. Foto: Agência Minas

Alguns dos 18 deputados federais saíram da reunião com o governador Romeu Zema (Novo) nesta terça-feira (11) insatisfeitos com o encontro. Na avaliação de alguns parlamentares que conversaram com O Fator, o encontro foi pouco significativo para a bancada mineira.

“Fica todo mundo incomodado com a sensação de que só encontramos o governador quando o assunto é de interesse dele. Tanto que, pra você ver, nem a metade da bancada mineira (53 deputados) esteve presente. Quem foi, saiu reclamando”, conta um deputado de Minas que esteve na reunião.

O encontro teve duas principais pautas:

  • a discussão sobre a dívida de Minas com a União, com a informação de que o o governo federal deve, em breve, apresentar um projeto de lei, por meio de Rodrigo Pacheco (PSD), alterando as taxas de juros e prazo do pagamento da dívida. A ideia é que um mineiro assuma a relatoria deste projeto, quando chegar na Câmara, e que ele tenha celeridade na tramitação.
  • A negociação da repactuação do acordo de reparação da barragem de Mariana. Zema, neste ponto, externou o interesse do governo mineiro em acertar o acordo e reclamou do atraso da União em não aceitar as propostas já feitas.

Participaram da reunião os deputados federais Zé Silva (Solidariedade), líder de Zema no Congresso, Nikolas (PL), Duarte Jr (Cidadania), Ulysses Guimarães (MDB) Zé Vitor (PL), Junio Amaral (PL), Pedro Aihara (PRD), Igor Timo (Podemos), Lincoln Portela (PL), Délio Pinheiro (PDT), Nely Aquino (Podemos), Delegado Marcelo Freitas (União), Domingos Sávio (PL), Delegada Ione (União), Bruno Farias (Avante), Lafayette Andrada (Republicanos), Rosangela Reis (PL) e Greyce Elias (Avante).

Pelo governo, além de Zema, estavam os secretários Marcelo Aro e Pedro Bruno.

Leia também:

Psol aciona Justiça por suspensão da lei que criou ‘censo do aborto’ em BH

MP denuncia famílias que adotaram homeschooling em cidade mineira

Justiça vê irregularidade em nomeação no interior de Minas e cita deputado em sentença

Acompanhe O Fator no Instagram

Veja os Stories em @OFatorOficial. Acesse