Prefeito é acusado de turistar em Brasília com carro oficial

Denúncia será encaminhada ao Ministério Público
Osvaldo Maia será alvo de investigação no Ministério Público. Fotos: Divulgação

A cidade São Gonçalo do Pará, na região Centro-Oeste de Minas, vive um caso inusitado. O prefeito do município, Osvaldo Maia (Patriota), é acusado de turistar em Brasília com o carro oficial da Prefeitura. Imagens do político e de sua família conhecendo os pontos turísticos da capital brasileira durante o feriado de Corpus Christi viralizaram nas redes sociais.

O caso chegou a Câmara Municipal de São Gonçalo do Pará nesta semana através do vereador Gibas Mariano (PSB). Segundo ele, o veículo é alugado pela Prefeitura Municipal e custa R$ 4 mil por mês.

Investigação

O parlamentar afirma que irá investigar se o combustível, pedágios e estadia foram pagos com dinheiro público: “é um caso nítido de improbidade administrativa que será encaminhado para o Ministério Público apurar”, disse.

O prefeito também é investigado por uma CPI na Câmara. Ele e outros três secretários são acusados de diversas irregularidades, como pagamento de diárias de viagens inexistentes, fraude em licitações e pagamentos para contas físicas e jurídicas fora do contexto municipal. Os prejuízos aos cofres públicos podem ultrapassar o valor de R$ 260 mil.

O Fator tentou entrar em contato com o prefeito, mas não obteve resposta até o fechamento da matéria. Caso ele responda, a matéria será acrescentada.

Leia também:

Ex-deputado Narcio Rodrigues vira réu por suposto desvio em convênio em MG

A viagem de José Dirceu a Belo Horizonte

MPF vai investigar invasões e ameaças contra indígenas Pataxó em MG

Veja os Stories em @OFatorOficial. Acesse