As chapas de vereadores de Gabriel Azevedo

Sete vereadores irão se filiar, na próxima semana, ao MDB e Republicanos
Reunião na Câmara Municipal que terminou com a troca de partido de sete vereadores
Troca de partidos foi definida em reunião na Câmara. (Foto: Divulgação)

O grupo de nove vereadores ligados ao presidente da Câmara Municipal, Gabriel Azevedo (MDB), irá se dividir por dois partidos em busca da reeleição: MDB e Republicanos.

Como mostrou O Fator, semana retrasada, havia uma construção em busca de partidos para que vereadores e aliados disputassem o pleito de outubro. Neste sentido, a solução encontrada foi o partido de Gabriel, o MDB, e o Republicanos, que chegou a flertar com o próprio presidente da Casa para que se filiasse.

Os parlamentares Cleiton Xavier, do PMN; Henrique Braga, do PSDB; Loíde Gonçalves, do Podemos; e Sérgio Fernando Pinho Tavares, do PL, passarão a figurar nos quadros do MDB.

Já o Republicanos irá receber Ciro Pereira e Irlan Melo, do PRD, e Ramon Bibiano da Casa de Apoio, do PSD.

As mudanças acontecem há poucos dias do término da janela partidária, em 5 de abril. Os deputados federais Newton Cardoso Júnior, presidente do MDB em Minas, e Gilberto Abramo, que comanda o Republicanos em BH, acompanharam de perto as negociações.

O grupo de Gabriel deverá montar, ainda, a chapa do PRTB, ligada ao assessor de Rodrigo Pacheco, Jorge Periquito, mas apenas com nomes que não possuem mandato. O PSB ainda negocia se irá, ou não, integrar essa aliança.

Leia também:

Movimentos sociais vão entregar a vereadores PL por tarifa zero nos ônibus em BH

Zanin se declara impedido de julgar ação que questiona prefeituras que acionam mineradoras no exterior

Prêmio vai eleger ‘melhores’ prefeitos de MG

Veja os Stories em @OFatorOficial. Acesse