Deputadas mineiras vítimas de ameaças comemoram prisão de principal suspeito

Operação conjunta do Ministério Público e das polícias Civil e Militar terminou com a prisão do principal suspeito do crime
Deputadas Beatriz Cerqueira (PT), Bella Gonçalves (Psol), e Lohanna (PV), receberam ameaças
Deputadas receberam escolta policial após as ameaças. (Foto: Luiz Santana / ALMG)

As deputadas mineiras da Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG) que foram vítimas de ameaças comemoraram a prisão do principal suspeito do crime. O homem foi identificado e localizado em Olinda, em Pernambuco, e será transferido para o estado mineiro. O sentimento das parlamentares Bella Gonçalves (Psol) e Lohanna (PV) é de emoção e alívio.

Por meio das redes sociais, as deputadas comentaram a prisão. “Leon foi detido agora de manhã pela Polícia Civil de MG e eu tô muito emocionada. Nesses últimos meses vivi sob escolta policial, tive que mudar de casa, de rotina, enquanto recebia uma ameaça aterrorizante por semana. Só por ser mulher na política”, descreveu Bella Gonçalves.

A deputada disse, ainda, que o episódio serviu como um fortalecimento. “Nem eu sabia que tinha tanta força para seguir com coragem lutando pelo que eu acredito diante das adversidades. Superei o medo, a ansiedade, a revolta e não deixei que apagassem meu brilho. Sinto que estou pronta para qualquer desafio”, disse.

Lohanna também falou sobre a prisão, o que chamou de Justiça. “Com esperança recebo a notícia da prisão do principal investigado pelas ameaças de estupro, morte e violências diversas contra mim, minha equipe e nossas famílias. Ainda há muito a caminhar, mas hoje avançamos!”, comentou.

“Que todas as mulheres tenham a força de denunciar as violências que sofrem!!!! Que a justiça seja digna para todas nós!!!”, finalizou.

Outra deputada que recebeu ameaças, Beatriz Cerqueira (PT), ainda não tinha se posicionado até o fechamento da reportagem.

O presidente da ALMG,  Deputado Tadeu Martins Leite,  o Tadeuzinho (MDB), que determinou diversas ações para a segurança das parlamentares ameaçadas, também comemorou a prisão. “Justiça sendo feita! Com a ação eficaz do @MPMG_Oficial, @pmmg190 e @pcmgoficial, acaba de ser anunciada a prisão do principal suspeito de praticar ameaças contra deputadas. Vamos aguardar os desdobramentos e continuar trabalhando para conter a ação de criminosos em Minas Gerais!”, publicou nas redes sociais. 

A prisão

Como O Fator mostrou, a prisão do suspeito aconteceu na manhã desta terça-feira, após um intenso trabalho do Ministério Público (MP) e polícias Civil e Militar.

Essa é a terceira fase da operação “Di@na”, desencadeada pelo Grupo de Atuação Especial de Combate aos Crimes Cibernéticos (Gaeciber) e outros órgãos.

Leia também:

Fávaro vai à Câmara explicar fiasco no leilão de arroz

Cassinos voltam à mesa da CCJ do Senado

Justiça suspende atividades de mineradora na Serra do Curral em Belo Horizonte

Veja os Stories em @OFatorOficial. Acesse