Gabriel e Fuad trocam farpas até pelo Diário Oficial

Presidente da Câmara e Prefeito se desentendem novamente. Dessa vez, foi pelo DOM
Presidente da Câmara Municipal de Belo Horizonte, vereador Gabriel, se encontra na prefeitura com o prefeito Fuad Noman
Gabriel e Fuad devem disputar as eleições 2024 para a prefeitura de BH (Foto: Diculgação)

Os atritos entre o presidente da Câmara Municipal de Belo Horizonte, vereador Gabriel (Sem partido), e o prefeito Fuad Noman (PSD), ganharam um novo capítulo, ou melhor, mudaram de página. Agora, os chefes do Legislativo e do Executivo utilizaram a edição desta sexta-feira (12) do Diário Oficial do Município (DOM) para trocar farpas sobre a devolução de R$ 49,8 milhões por parte dos vereadores à prefeitura.

No espaço reservado a avisos e publicações da CMBH, Gabriel afirmou que, em 10 de janeiro, foi feita a devolução de R$ 29.507.361,18: “o que garante o integral cumprimento pela CMBH das obrigações assumidas na Lei Municipal 11.438/2023”.

A referida legislação autoriza o repasse de subsídio às empresas de ônibus da capital mineira.

Fuad, por sua vez, rebateu em comunicado publicado no DOM. Segundo ele, “na verdade, se trata de restituição ao caixa único do Tesouro Municipal por força do que dispõe o parágrafo segundo do art. 168 da Constituição Federal“.

Pitaco do Kertzman: Atritos entre políticos são comuns em nosso país, principalmente, próximos às eleições. Mas, por Diário Oficial, me parece inédito e ainda mais contraproducente

Leia também:

Ex-deputado Narcio Rodrigues vira réu por suposto desvio em convênio em MG

A viagem de José Dirceu a Belo Horizonte

MPF vai investigar invasões e ameaças contra indígenas Pataxó em MG

Veja os Stories em @OFatorOficial. Acesse