Indústria mineira registra avanço na produção e emprego em abril

Empresários mineiros apontam expectativa positiva para os próximos seis meses
Produção industrial em Minas Gerais atinge 51,4 pontos em abril
Intenções de investimento dos industriais mineiros também avançam. (Foto: Agência Brasil / EBC)

A indústria de Minas Gerais atingiu números positivos em abril, com aumento da produção e do emprego. Dados da pesquisa Sondagem Industrial divulgada pela Federação das Indústrias do Estado de Minas Gerais (Fiemg) mostram que o índice de evolução da produção atingiu 51,4 pontos, indicando expansão pelo segundo mês consecutivo e representando um salto de 7 pontos em relação ao mesmo período de 2023.

Já o índice de evolução do número de empregados marcou 50,5 pontos, sinalizando crescimento do emprego pelo quarto mês seguido. O levantamento aponta um cenário promissor para o setor industrial mineiro para os próximos seis meses. Os índices de expectativa de demanda (56,4 pontos), compra de matérias-primas (54,8 pontos) e número de empregados (51,7 pontos) apontam para um cenário de crescimento.

Impulsionadas por essas expectativas otimistas, as intenções de investimento avançaram tanto na comparação mensal quanto na comparação interanual, atingindo 59,4 pontos em maio. Esse resultado indica uma maior propensão dos empresários a investir na indústria mineira.

Desafios

Apesar do aumento da produção, a indústria mineira operou com capacidade ociosa em abril. O índice de utilização da capacidade instalada efetiva em relação à usual ficou em 43,9 pontos, abaixo dos 50 pontos que indicariam utilização acima do habitual para o mês. Esse resultado sugere que as empresas ainda não estão operando em seu pleno potencial.

Além disso, os estoques de produtos finais aumentaram, atingindo o maior índice em 12 meses (53,1 pontos). Os estoques também ficaram acima do nível planejado pelas indústrias (52,4 pontos), sinalizando que a demanda por bens industriais foi inferior à esperada.

Grandes indústrias lideram avanço

Ao analisar os dados por porte das empresas, observa-se que as grandes indústrias apresentaram os melhores resultados em termos de produção e emprego. No entanto, as pequenas e médias empresas enfrentaram maiores desafios, com índices mais modestos nesses indicadores.

Em relação aos estoques, as grandes indústrias registraram os maiores níveis acima do planejado, sugerindo uma demanda aquém do esperado nesse segmento.

Leia também:

Ex-deputado Narcio Rodrigues vira réu por suposto desvio em convênio em MG

A viagem de José Dirceu a Belo Horizonte

MPF vai investigar invasões e ameaças contra indígenas Pataxó em MG

Veja os Stories em @OFatorOficial. Acesse