O alívio de auxiliares de Zema com aceno de Padilha sobre projeto das dívidas dos Estados

Ministro sinalizou positivo sobre proposição sair do Senado
Padilha sinalizou que governo Lula não só vê como positiva a ideia como também concorda que o projeto tem de vir do Senado. Foto: Divulgação
Padilha sinalizou que governo Lula não só vê como positiva a ideia como também concorda que o projeto tem de vir do Senado. Foto: Divulgação

Auxiliares do governador de Minas Gerais, Romeu Zema (Novo), saíram tranquilizados de um evento empresarial na última sexta-feira (14), em Araxá, com o aceno do ministro das Relações Institucionais, Alexandre Padilha, de que o governo Lula vê como positiva a ideia de que a proposta de renegociação das dívidas dos Estados com a União seja feita pelo Senado.

O receio dentro do governo de Minas era de que o Planalto não gostasse da ideia e tentasse, primeiro, boicotar a articulação no Congresso e, segundo, alterasse boa parte do texto. Pelo que Padilha sinalizou aos interlocutores em Araxá, o governo Lula não só vê como positiva a ideia como também concorda que o projeto tem de vir do Senado.

Na semana passada, o presidente do Congresso, senador Rodrigo Pacheco (PSD), afirmou que deve apresentar aos governadores o projeto nesta segunda (17).

A ideia central é amortizar a dívida a reboque de medidas como a federalização de estatais. Nas contas do senador, a Companhia de Desenvolvimento de Minas Gerais (Codemig), a Companhia de Saneamento de Minas Gerais (Copasa) e a Companhia Energética Minas Gerais (Cemig) valem, juntas, R$ 80 bilhões. Portanto, em caso de repasse das três empresas à União, a dívida estadual seria reduzida à metade.

Nessa proposta, o plano é que, após a federalização, haja desconto de 50% nos R$ 80 bilhões do saldo devedor remanescente. Portanto, a dívida cairia para R$ 40 bilhões.

Leia também:

Psol aciona Justiça por suspensão da lei que criou ‘censo do aborto’ em BH

MP denuncia famílias que adotaram homeschooling em cidade mineira

Justiça vê irregularidade em nomeação no interior de Minas e cita deputado em sentença

Acompanhe O Fator no Instagram

Veja os Stories em @OFatorOficial. Acesse