Preços das commodities do leite dá pequeno alívio aos produtores

Governo Federal enfrenta pressão dos produtores por causa da alta nas importações
Processo de ordenha de vacas em fazenda no Brasil
Minas Gerais possui cerca de 220 mil produtores de leite. (Foto: Marcello Casal Jr / Agência Brasil)

Os produtores de leite começam a dar um pequeno respiro. Os preços das commodities lácteas seguem em processo de recuperação no mercado internacional. Mesmo assim, as importações, apesar de uma tendência de desaceleração, ainda seguem em alta. A expectativa é que a pressão de criadores faça com que mais políticas públicas sejam anunciadas pelo Governo Federal.

Os indicadores constam em nota de conjuntura publicada pela Embrapa Gado de Leite. No documento, a instituição mostra uma queda de 3,3% nos custos de produção, em fevereiro, interrompendo uma sequência de seis meses de alta. No mês passado, houve redução de preços de ração, farelos de soja, milho e trigo, e caroço e farelo de algodão.

No varejo, os preços também vêm subindo, como mostrou o IPCA nos dois primeiros meses do ano. Isso possibilitou a melhoria das margens da indústria e do varejo. O cenário facilitou a recuperação dos preços pagos ao produtor nas principais regiões.

As importações tiveram uma queda de 3,8% em fevereiro em relação a janeiro, e 15,5% frente a dezembro. A expectativa, porém, era de uma queda maior devido a entrada em vigor do decreto que reduz benefício fiscal para os laticínios importadores de leite e derivados.

Proteção em Minas

As empresas importadoras de leite em pó em Minas Gerais serão retiradas do Regime Especial de Tributação. Sendo assim, vão pagar uma alíquota de 18% de ICMS no momento da  comercialização dos produtos. A medida foi anunciada pelo governador Romeu Zema (Novo) durante o Minas Grita pelo Leite, promovida pela Federação da Agricultura e Pecuária do Estado de Minas Gerais (Faemg).

Leia também:

Ex-deputado Narcio Rodrigues vira réu por suposto desvio em convênio em MG

A viagem de José Dirceu a Belo Horizonte

MPF vai investigar invasões e ameaças contra indígenas Pataxó em MG

Veja os Stories em @OFatorOficial. Acesse