Sérgio Santos Rodrigues, ex-Cruzeiro, recebe justa homenagem

Reconhecido pela torcida celeste, agora Cidadão Honorário de Abre Campo, cidade natal do pai
Ex-presidente do Cruzeiro será agraciado pela cidade mineira de Abre Campo
Presidente e Cidadão Honorário / Foto: Igor Sales (Cruzeiro)

Por iniciativa de sua Câmara Municipal, os moradores da cidade de Abre Campo (MG), conforme ato assinado pelo vereador Wanderson Adão Dias, presidente da Casa, irão agraciar com o título de Cidadão Honorário o ex-presidente do Cruzeiro, o advogado Sérgio Santos Rodrigues, por relevantes contribuições ao município de cerca de 15 mil habitantes, distante pouco mais de 200 quilômetros de Belo Horizonte, capital do estado.

A sessão solene ocorrerá em 4 de abril próximo, na própria de Câmara dos Vereadores de Abre Campo, às 18 horas, e promete movimentar a cidade, já que o pai do agraciado é natural do município e seus familiares ainda residem por lá, sem falar, é claro, na presença de convidados de outras cidades e estados, pois Sérgio é extremamente bem-relacionado e querido Brasil afora.

VIDA NOVA

Após encerrar seu mandato como presidente do Cruzeiro, tendo deixado como legado o retorno do Clube à Série A do Campeonato Brasileiro, e mais importante ainda, a concretização da SAF (Sociedade Anônima de Futebol), que possibilitou a continuidade da agremiação celeste, Sérgio Santos Rodrigues tornou-se uma espécie de homem “multi-tarefas”.

Advogado militante bem-sucedido, o cruzeirense fanático apresenta um podcast de igual sucesso na Rede 98, o Fala Campeão, escreve livros como o ótimo Futebol S.A., lançado em 2023, e palestra justamente sobre SAF e o mundo dos negócios no futebol profissional brasileiro, do qual é estudioso e especialista, além, é claro, da principal atividade: “ser o melhor pai que eu puder”.

BOM DE BRIGA

Figura polêmica, já que não foge de um bom debate e, gostem ou não, sempre “deu a cara ao tapa”, Sérgio atua com bastante credibilidade e discrição nos bastidores da política mineira, sendo diariamente consultado e cortejado por influentes líderes locais. Em 2022, em uma campanha paticamente solo e sem grandes recursos partidários, obteve quase 20 mil votos para deputado federal.

Perguntado sobre eleições municipais, como bom mineiro preferiu cautela: “estou apenas observando”. Já sobre futebol, declarou: “estou descansando”, mas reforçou o otimismo na trajetória de recuperação do Clube que tanto ama e que “foi praticamente destruído por gestões temerárias”. Aliás, graças também a ele, a Associação assinou uma exitosa RJ (Recuperação Judicial), elogiada pelos maiores especialistas do País.

Leia também:

STF vira palco de nova batalha judicial sobre ações de prefeituras contra mineradoras no exterior

A queda de braço entre o PT e o PRD pelo apoio do Republicanos em Contagem

Pontapé inicial do novo PTB em Minas tem Saraiva Felipe, Apolo Heringer e ex-deputados

Veja os Stories em @OFatorOficial. Acesse