Desativando bombas relógio: veja detalhes da nova fase do projeto do Caoma

O novo portal do Caoma visa dar visibilidade as informações que antes só ficam em poder das mineradoras
Na nova fase do programa Desativando Bombas Relógio, portal vai trazer informações atualizadas das barragens em Minas
Portal do Caoma será lançado na próxima segunda-feira (FOTO: Reprodução / Caoma)

Condições de seguranças de barragens, planos de ações emergenciais e a atualização sobre a descaracterização da estrutura. Agora, essas informações serão divulgadas 24h por dia para toda a população de Minas Gerais.

O lançamento da próxima fase do projeto Desativando Bombas-Relógio acontece na próxima segunda-feira. A iniciativa é do Centro de Apoio Operacional das Promotorias de Justiça de Defesa do Meio Ambiente (Caoma), coordenado pelo promotor Carlos Eduardo Ferreira Pinto.

“É o nosso compromisso com os cidadãos mineiros ah a segurança dessas estruturas e o Ministério Público de Minas Gerais tem um compromisso de acompanhar todas essas estruturas até que a última bomba relógio seja desativada”, afirma o promotor.

O fim dos reservatórios construídos à montante está previsto na lei Mar de Lama Nunca Mais, sancionada após o rompimento da barragem de Brumadinho, na Grande BH. A tragédia, que deixou 272 mortos, completou cinco anos em 25 de janeiro. Barragem de Mariana, que colapsou em 2015, também tinha o mesmo modo de alteamento.

O novo portal do Caoma visa dar visibilidade as informações que antes só ficam em poder das mineradoras. “O Desativando Bombas Relógio, nessa nova fase, publiciza as informações relevantes acerca da segurança das estruturas. O sistema que era restrito ao público interno das empresas passou a ter grande relevância.

Essas informações são extremamente importantes para que os órgãos de comando e controle possam exercer poder de polícia”, afirma o promotor Carlos Eduardo.
O coordenador do Caoma ressalta que ter informações sobre as barragens é um direito da população. “É um pequeno gesto com uma grande simbologia”, diz.

Leia também:

STF vira palco de nova batalha judicial sobre ações de prefeituras contra mineradoras no exterior

A queda de braço entre o PT e o PRD pelo apoio do Republicanos em Contagem

Pontapé inicial do novo PTB em Minas tem Saraiva Felipe, Apolo Heringer e ex-deputados

Veja os Stories em @OFatorOficial. Acesse