Desembargador que condenou Eduardo Cunha na Lava-Jato é eleito novo presidente do TRF-6

Vallisney Oliveira era o responsável pelos casos da Lava-Jato em Brasília
Em 2017, Vallisney condenou o ex-presidente da Câmara Eduardo Cunha por crimes denunciados pela Lava-Jato. Foto: Divulgação/ALMG
Em 2017, Vallisney condenou o ex-presidente da Câmara Eduardo Cunha por crimes denunciados pela Lava-Jato. Foto: Divulgação/ALMG

O desembargador Vallisney de Souza Oliveira foi eleito, na tarde desta quinta-feira (20), o novo presidente do Tribunal Regional Federal da 6ª Região (TRF-6). Ele ficou conhecido no noticiário brasileiro por ter sido o juiz responsável por casos da Lava-Jato na Justiça Federal de Brasília.

Em 2017, Vallisney condenou o ex-presidente da Câmara Eduardo Cunha por crimes denunciados pela Lava-Jato. O novo presidente do TRF-6 também foi responsável pela decisão que prendeu o ex-deputado Geddel Vieira Lima depois que foram encontrados R$ 51 milhões em espécie no apartamento do político.

Ele assume o cargo no final de julho, com o fim do mandato da atual presidente, a desembargadora Mônica Sifuentes.

Também na eleição desta quinta, o desembargador Ricardo Machado Rabelo foi eleito vice-presidente. Rabelo é o responsável pela mediação das negociações da repactuação de Mariana.

Leia também:

Psol aciona Justiça por suspensão da lei que criou ‘censo do aborto’ em BH

MP denuncia famílias que adotaram homeschooling em cidade mineira

Justiça vê irregularidade em nomeação no interior de Minas e cita deputado em sentença

Acompanhe O Fator no Instagram

Veja os Stories em @OFatorOficial. Acesse