O novo duelo na mineração: Anglo American rejeita oferta da BHP e Rio Tinto pode entrar no negócio

Anglo rejeitou segunda oferta da mineradora anglo-australiana, que pode enfrentar concorrente
O principal atrativo por trás das propostas é o portfólio de valiosas minas de cobre da Anglo American
O principal atrativo por trás das propostas é o portfólio de valiosas minas de cobre da Anglo American. Foto: Divulgação/Anglo American

A Anglo American rejeitou uma nova proposta de aquisição revisada da rival BHP, avaliando a empresa britânica em £34 bilhões (cerca de R$ 220 bilhões). A recusa acirra as especulações de uma potencial batalha hostil entre os gigantes da mineração global.

De acordo com a matéria do Financial Times, a proposta revisada da BHP, mineradora australiana, valorizou a Anglo American em £27,53 por ação, um aumento de 15% em relação à oferta original de cerca de £25 por ação feita no mês passado.

Mike Henry, CEO da BHP, manifestou decepção com a rejeição e afirmou que a combinação das duas empresas “geraria valor significativo para todos os acionistas”. A BHP tem até a próxima quarta-feira para decidir se fará uma oferta formal.

Duncan Wanblad, CEO da Anglo American, enfrenta agora uma posição defensiva um dia antes de uma importante conferência do setor em Miami. A empresa havia rejeitado a primeira oferta da BHP de £31 bilhões como “altamente indesejável” e argumentando que “subvalorizava significativamente” a companhia.

Rio Tinto Pode Entrar na Disputa

Enquanto a batalha entre BHP e Anglo American se desenrola, outra gigante da mineração pode entrar na disputa. De acordo com o site IDEXOnline, a Rio Tinto está avaliando a possibilidade de fazer uma proposta para adquirir a Anglo American.

Fontes próximas à Rio Tinto afirmaram à imprensa australiana que a empresa está monitorando de perto a situação e analisando os prós e contras de uma potencial oferta. A aquisição da Anglo American permitiria à Rio Tinto se tornar a maior produtora mundial de cobre, metal essencial para a transição energética global.

O principal atrativo por trás das propostas é o portfólio de valiosas minas de cobre da Anglo American. Uma fusão com a BHP ou a Rio Tinto criaria a maior produtora mundial do metal, crucial para os esforços globais de descarbonização.

As ações da Anglo American caíram 0,5% para £27,58 após o anúncio da rejeição da proposta da BHP. Os próximos dias serão decisivos para determinar se a BHP insistirá em sua oferta ou se a Rio Tinto entrará na disputa, dando início a uma verdadeira batalha de gigantes da mineração.

Leia também:

Servidora é presa após mentir sobre falso câncer e receber R$ 656 mil do Estado

Justiça proíbe Prefeitura de Ouro Preto de realizar contratações temporárias

Ministério e deputados montam força-tarefa para acompanhar denúncias feitas por terceirizados da educação em BH

Veja os Stories em @OFatorOficial. Acesse