Zema tem até quinta-feira (27) para sancionar reajuste a servidores de Minas

Governo já prepara decreto para colocar novos valores dos vencimentos em vigor
O governador de Minas Gerais, Romeu Zema, discursa em solenidade em Brasília (DF)
Zema vai sancionar reajuste a servidores ainda nesta semana

O governador de Minas Gerais, Romeu Zema (Novo), tem até quinta-feira (27) para colocar em vigor a lei que autoriza reajuste de 4,62% nos salários dos servidores públicos estaduais. A data é o prazo-limite para a sanção do projeto a respeito do aumento, aprovado pelos deputados estaduais no último dia 6.

Segundo apurou O Fator, a sanção será publicada no Diário Oficial do Estado entre quarta-feira (26) e a quinta. Quando o Executivo não sanciona uma proposta aprovada pelo Legislativo, o presidente da Assembleia, cargo ocupado por Tadeu Martins Leite (MDB), pode fazer jus à prerrogativa. Neste caso, porém, isso não será preciso.

Inicialmente, o Palácio Tiradentes propôs reajuste de 3,62% a todo o funcionalismo. Depois de negociações junto a parlamentares e sindicatos, porém, houve acordo pelos 4,62%, mesmo índice da inflação oficial do Brasil no ano passado.

De acordo com o governador, o aumento de um ponto percentual do índice originalmente proposto é o patamar máximo conseguido pelo Executivo ante os problemas fiscais do estado, que lida com uma dívida de mais de R$ 160 bilhões junto à União.

“Além disso (a dívida com a União), ainda estamos acima do limite máximo de gasto com pessoal permitido pela Lei de Responsabilidade Fiscal, o que também nos acarreta uma série de limitações”, disse Zema, no início do mês, ao explicar as contas feitas pelo Palácio Tiradentes para chegar ao reajuste oferecido.

Leia também:

Psol aciona Justiça por suspensão da lei que criou ‘censo do aborto’ em BH

MP denuncia famílias que adotaram homeschooling em cidade mineira

Justiça vê irregularidade em nomeação no interior de Minas e cita deputado em sentença

Acompanhe O Fator no Instagram

Veja os Stories em @OFatorOficial. Acesse