A busca de Kalil por um candidato à Prefeitura de BH

Ex-prefeito enfrenta dificuldades partidárias e ainda não conseguiu achar nome para apoiar
Kalil ainda não encontrou um nome para lançar como candidato em BH
Alexandre Kalil nega qualquer irregularidade e alega perseguição política. Foto: Divulgação

O ex-prefeito de Belo Horizonte Alexandre Kalil enfrenta dificuldades para encontrar um nome para lançar como candidato à Prefeitura da capital mineira. Atualmente no PSD, ele tem tido relações conflituosas com líderes do partido – o ministro de Minas e Energia, Alexandre Silveira, por exemplo, não quer vê-lo nem pintado de ouro. Já o prefeito Fuad Noman, que foi vice de Kalil entre 2021 e 2022, além de secretário de Fazenda durante o primeiro mandato, também anda com a amizade estremecida. O ex-prefeito sequer foi convidado para participar do lançamento da candidatura à reeleição de Fuad, prevista para março.

Um plano B seria o MDB, mas esse também apresenta obstáculos com a possível candidatura do vereador e presidente da Câmara Municipal, Gabriel Azevedo, que vem sendo alinhada nas últimas semanas. O ex-presidente da Assembleia, Adalclever Lopes, até tentou viabilizar o nome de Iran Barbosa junto ao MDB, mas a conversa não avançou. Outra alternativa seria o ex-secretário de Saúde de BH, Jackson Machado Pinto, que, apesar de sondado, não se mostrou tão animado.

A aposta de muitos interlocutores é que Kalil acabe caminhando com o senador Carlos Viana, que está próximo de se filiar ao Republicanos. Os dois têm boa relação há algum tempo – em 2018, Kalil apoiou Viana na campanha ao Senado e, na eleição ao governo de Minas em 2022, o senador pouco atacou a candidatura do ex-prefeito.

Leia também:

Ex-deputado Narcio Rodrigues vira réu por suposto desvio em convênio em MG

A viagem de José Dirceu a Belo Horizonte

MPF vai investigar invasões e ameaças contra indígenas Pataxó em MG

Veja os Stories em @OFatorOficial. Acesse