A discreta reunião de Zema depois do ato de Bolsonaro em São Paulo

Governador de Minas se encontrou com Eduardo Leite
Governador de Minas exonera suspeito de propina em Brasília
Zema exonera suspeito de propina nomeado pela Casa Civil / Foto: Redes Sociais

A passagem do governador Romeu Zema por São Paulo no último domingo (25), quando participou de ato em defesa do ex-presidente Jair Bolsonaro, não se resumiu ao almoço no Palácio dos Bandeirantes com Bolsonaro, Tarcísio e outros governadores e nem ao caminhão de som na Avenida Paulista.

Depois do evento, Zema participou de uma discreta reunião com o governador Eduardo Leite (PSDB), do Rio Grande do Sul – que não endossou o ato bolsonarista. O encontro aconteceu por iniciativa de empresários da mídia gaúcha.

A propósito, Leite afirmou nesta segunda (26) que não quer que o PSDB apoie reeleição do prefeito de São Paulo, Ricardo Nunes (MDB). Os tucanos ainda não definiram o nome para a disputa paulista. Já o Novo tem encaminhado a pré-candidatura da economista e ex-diretora do Ministério da Fazenda de Paulo Guedes, Marina Helena.

Leia também:

Ex-deputado Narcio Rodrigues vira réu por suposto desvio em convênio em MG

A viagem de José Dirceu a Belo Horizonte

MPF vai investigar invasões e ameaças contra indígenas Pataxó em MG

Veja os Stories em @OFatorOficial. Acesse