Após ‘acerto verbal’ com o Novo, Cleitinho diz que só pensará em trocar de partido em 2025

Zema convidou político para o Novo e aguardava filiação do senador
Senador foi convidado e disse sim em reunião, mas ainda não formalizou filiação
Senador foi convidado, mas não formalizou filiação / Foto: Divulgação

Convidado e “acertado” para se filiar ao Novo desde dezembro, o senador Cleitinho (Republicanos-MG) afirmou que só irá avaliar a possibilidade de mudar de partido no ano que vem. A declaração foi dada a O Fator nesta sexta (10).

No final do ano passado, o senador chegou a apertar a mão e sinalizar um OK ao Novo durante encontro com Zema, Deltan Dallagnol e a cúpula do partido em Minas. Desde então, a legenda aguardava a filiação do parlamentar – os membros do Novo chegaram a aguardar o fim do recesso parlamentar, o prazo de filiação partidária para a eleição desse ano (6 de abril) e agora trabalhavam com a data de junho para a mudança que, pelo visto, pode não acontecer mais.

“Vou pensar em uma possibilidade de troca no ano que vem”, disse Cleitinho a O Fator.

Pelo que a coluna apurou, o principal responsável pela permanência do senador no Republicanos, até aqui, é o presidente do partido em Minas, o deputado federal Euclydes Pettersen. Os dois mantém boa relação pessoal e já iniciaram conversas pensando em uma candidatura do senador ao governo de Minas em 2026.

Leia também:

STF vira palco de nova batalha judicial sobre ações de prefeituras contra mineradoras no exterior

A queda de braço entre o PT e o PRD pelo apoio do Republicanos em Contagem

Pontapé inicial do novo PTB em Minas tem Saraiva Felipe, Apolo Heringer e ex-deputados

Veja os Stories em @OFatorOficial. Acesse