BDMG aprova criação de VP de Relações Institucionais; Eto assumirá cargo após BC deliberar

Nova cadeira ainda precisa ser analisada pelo Banco Central
Outros interlocutores apontam que, no caso específico de Eto, o processo de criação e indicação do nome ao cargo já foi protocolado ao Banco Central o que, assim, trataria-se apenas de uma formalidade
Eto foi nomeado para atuar no BDMG no final de 2023, embora já atue, na prática, como responsável por relações políticas e de mercado do banco. Foto: Agência Minas

Avançou dentro do BDMG a criação de uma segunda vice-presidência, que ficaria responsável pela parte de Relações Institucionais e teria o ex-secretário de Governo Igor Eto no comando.

A criação da nova VP foi aprovada no Conselho do banco nesta terça-feira (30) e, agora, aguarda o trâmite dentro do governo de Minas, passando pela Secretaria-Geral e de Desenvolvimento Econômico. Depois, a proposta segue para deliberação do Banco Central.

Eto foi nomeado para atuar no BDMG no final de 2023 e, na prática, já atua como responsável por relações políticas e de mercado do banco.

Leia também:

STF vira palco de nova batalha judicial sobre ações de prefeituras contra mineradoras no exterior

A queda de braço entre o PT e o PRD pelo apoio do Republicanos em Contagem

Pontapé inicial do novo PTB em Minas tem Saraiva Felipe, Apolo Heringer e ex-deputados

Veja os Stories em @OFatorOficial. Acesse