Ex-presidente da Gasmig Pedro Magalhães assume diretoria da TBE, braço da Taesa

A TBE controla mais de dez transmissores em todo o Brasil e tem sede em São Paulo
Pedro Magalhães deixou a Gasmig em abril de 2022 depois de quase seis anos no cargo
Pedro Magalhães deixou a Gasmig em abril de 2022 após quase 6 anos no cargo (Foto: Divulgação/Gasmig)

O ex-presidente da Companhia de Gás de Minas Gerais (Gasmig) Pedro Magalhães assumiu, na semana passada, o disputado cargo de Diretor Técnico da Transmissora Brasileira de Energia (TBE). A cadeira é desejada por muitos interlocutores do mercado e governos pela remuneração na casa dos milhões por ano e pelo acesso que a TBE costuma ter nas empresas.

A TBE é uma empresa de transmissão de energia pertencente à Taesa, a qual a Cemig é acionista. A sede fica em São Paulo. Só a TBE reúne mais de dez transmissores de energia que passam por todas as regiões do país. Resumindo, um player gigantesco no mercado.

Pedro Magalhães deixou a Gasmig em abril do ano passado depois de quase seis anos no cargo – nomeado na companhia durante a gestão de Fernando Pimental (PT) no governo de Minas, em 2017, Magalhães continuou na cadeira durante o primeiro mandato de Romeu Zema.

No passado, Magalhães já atuou como diretor da Taesa. A propósito, ele é irmão do deputado estadual João Magalhães (MDB).

Leia também:

A difícil articulação para Álvaro Damião ser o vice de Fuad

Futebol e Política, juntos, podem fazer um mundo melhor

Quero um amor; um amor maior que eu

Veja os Stories em @OFatorOficial. Acesse