Líder de Zema na ALMG nega problemas com oposição; vetos devem ser votados na quarta

João Magalhães negou ter dificuldades na relação com Ulysses Gomes (PT)
Delegado Christiano Xavier (deputado estadual PSD/MG), João Magalhães (deputado estadual MDB/MG), Sargento Rodrigues (deputado estadual PL/MG)

O líder do governo Zema na Assembleia, deputado Joao Magalhães (MDB), disse não existir qualquer desavença entre ele e o líder da oposição, Ulysses Gomes (PT), como se ventilou nos últimos dias. A percepção de um desacordo entre os dois foi sentida por parlamentares por conta da dificuldade na avaliação de vetos de Zema que vinham trancando a pauta da Casa nas últimas semanas.

O Fator apurou que, inclusive, já existe acordo para que os vetos sejam votados na sessão de quarta-feira (20). Nesta terça (19), a Casa deve abrir a sessão e fazer a contagem de presença para, na quarta, apreciar os vetos, que devem ser mantidos.

“A ideia de uma ausência de diálogo está muito distante do que é a realidade do parlamento mineiro. Seja entre blocos da base de governo, entre líderes de situação e oposição ou mesmo entre os deputados e o presidente. Cada situação na ALMG é construída através de muita conversa e, neste processo, não há qualquer desavença entre mim e o líder do bloco de oposição, deputado Ulysses Gomes, além das diferenças de posicionamento político-partidário e ideias, comuns à Casa do Povo. Vivemos agora a movimentação normal diante da análise dos vetos constantes na pauta”, pontuou, em nota, Magalhães.

João Magalhães foi escolhido para ser o líder do governo na Casa em junho do ano passado – a boa relação com a oposição foi, inclusive, um dos pontos que levaram o emedebista ao posto.

Leia também:

MP denuncia prefeito acusado de beneficiar empresa em contratos de R$ 43 milhões

Federação PT-PV-PCdoB adia prazo para tomar decisão sobre candidaturas em grandes cidades

Movimentos sociais vão entregar a vereadores PL por tarifa zero nos ônibus em BH

Veja os Stories em @OFatorOficial. Acesse