Lula pode aguardar mudança na Vale para ‘entrar de vez’ por repactuação de Mariana

Presidente acha que nova diretoria traria novo ar às negociações que, até aqui, falharam
O interesse de Lula na Vale vai muito além das negociações pela repactuação
O interesse de Lula na Vale vai muito além das negociações pela repactuação. Divulgação/PR

Interlocutores próximos do Planalto apontaram que Lula pode decidir aguardar mudanças na diretoria da Vale para, enfim, entrar em campo “pra valer” nas negociações pela repactuação do acordo de Mariana. Ou seja, ficaria para 2025, já que Eduardo Bartolomeo está garantido na chefia da mineradora até o final deste ano.

Pelo que contaram os interlocutores aO FATOR, a ideia do petista é que uma nova diretoria na mineradora poderia gerar condições mais favoráveis para a negociação – atualmente, Vale e BHP têm feito jogo duro nas conversas com os governos de MG, ES e União. Até aqui, as empresas rejeitaram todas as propostas feitas para fechar o acordo de compensação pelos danos causados pelo rompimento da barragem de Fundão, em Mariana, em 2015.

O interesse de Lula na Vale vai muito além das negociações pela repactuação. Tanto que, desde que assumiu o governo federal, ele têm feito movimentações intensas para ajudar o ex-ministro Guido Mantega a emplacar a presidência da Vale. Até aqui não deu certo: na última sexta (8), o Conselho de Administração da mineradora decidiu prorrogar o mandato do atual CEO, Eduardo Bartolomeo até o final do ano.

Apesar da prorrogação, a Vale deve, em breve, dar os primeiros passos para abrir um processo seletivo para escolher o sucessor de Bartolomeo.

Leia também:

STF vira palco de nova batalha judicial sobre ações de prefeituras contra mineradoras no exterior

A queda de braço entre o PT e o PRD pelo apoio do Republicanos em Contagem

Pontapé inicial do novo PTB em Minas tem Saraiva Felipe, Apolo Heringer e ex-deputados

Veja os Stories em @OFatorOficial. Acesse