Os desfalques e presenças do PSD no lançamento de Fuad à reeleição em BH

Nomes relevantes não participarão de cerimônia do partido para lançar a pré-candidatura do prefeito
O presidente do Congresso, o senador Rodrigo Pacheco, por exemplo, principal figura da legenda no Estado, não está presente na cerimônia, em função de compromissos em Brasília, mas enviará um vídeo conferindo apoio à pr;é-candidatura de Fuad
O presidente do Congresso, o senador Rodrigo Pacheco, por exemplo, principal figura da legenda no Estado, não está presente na cerimônia, em função de compromissos em Brasília, mas enviará um vídeo conferindo apoio à pr;é-candidatura de Fuad

O evento do PSD que vai lançar a pré-candidatura de Fuad Noman à reeleição para prefeito de Belo Horizonte, na manhã desta segunda (26), contará com desfalques relevantes do partido em Minas. O presidente do Congresso, o senador Rodrigo Pacheco, por exemplo, principal figura da legenda no Estado, não está presente na cerimônia, em função de compromissos em Brasília, mas enviará um vídeo conferindo apoio à pr;é-candidatura de Fuad. Já o ex-prefeito Alexandre Kalil, que disputou o governo de Minas em 2022 pelo PSD e, enquanto chefe do Executivo municipal, teve Fuad como vice, não vai prestigiar seu antigo companheiro de urna por conta de uma viagem pessoal – há quem acredite que a ausência tenha mais motivos do que uma incompatibilidade de agenda. Kalil, nos últimos meses, andou relatando a interlocutores certa insatisfação com Fuad pela falta de espaço ao ex-prefeito.

Outra ausência mais que certa é a do deputado federal Luiz Fernando Faria. Líder da bancada mineira no Congresso, Faria abriu publicamente críticas a Fuad Noman por conta do espaço dado pelo prefeito ao secretário de Casa Civil de MG, Marcelo Aro (PP).

Apesar disso, Fuad contará com nomes igualmente relevantes no evento. O presidente nacional do PSD, Gilberto Kassab, e o do diretório mineiro, o deputado estadual Cássio Soares, estarão na cerimônia, assim como o ministro de Minas e Energia, Alexandre Silveira. Lideranças de outros partidos, como do PV, PDT e Solidariedade também são esperadas.

Leia também:

STF vira palco de nova batalha judicial sobre ações de prefeituras contra mineradoras no exterior

A queda de braço entre o PT e o PRD pelo apoio do Republicanos em Contagem

Pontapé inicial do novo PTB em Minas tem Saraiva Felipe, Apolo Heringer e ex-deputados

Veja os Stories em @OFatorOficial. Acesse