Os reflexos na disputa pela PBH com Lamac, aliado de Fuad, presidindo a federação Rede-PSOL em Minas

Próximo do prefeito, ex-deputado pode ser decisivo sobre candidatura de Bella Gonçalves e, inclusive, dele mesmo
Rede ficou com presidência e maioria dos cargos no diretório da federação com o PSOL
Rede ficou com presidência e maioria dos cargos no diretório da federação com o PSOL

A federação Rede-PSOL definiu nesta segunda-feira (29) a nova composição do diretório estadual, com a presidência do grupo em Minas ficando com o ex-deputado Paulo Lamac – e, como vice, Thaís Console, do PSOL. O curioso é que a formação do diretório pode alterar de vez o cenário da disputa para a Prefeitura de BH.

Lamac tem uma relação muito próxima com o prefeito Fuad Noman (PSD), que vai disputar a reeleição. O ex-deputado inclusive já chegou a participar de reuniões políticas importantes envolvendo Fuad nos últimos meses e, na avaliação de muitos, defenderia um caminho natural de apoio ao prefeito.

Só que o PSOL, seu companheiro de federação, trabalha pela pré-candidatura da deputada Bella Gonçalves já há algum tempo. A parlamentar, em conversa com o FATOR, pontua que a candidatura não corre riscos. “Temos um ótimo diálogo com a Rede e alinhamento em torno da confirmação da nossa candidatura”, afirma, indicando ainda que o diretório municipal da federação em BH será presidido pelo PSOL.

Como eleições anteriores já mostraram, pouco pode fazer um diretório municipal caso o partido, a nível estadual, tome uma decisão unilateral. O mesmo vale, claro, pra caso a nacional também resolva interceder – já neste cenário, é bom pontuar, a federação em Brasília terá o comando do PSOL.

Já o ex-deputado Paulo Lamac, que também se apresenta como pré-candidato a prefeito de BH, pontua que trabalha pela coesão do campo. “Vamos trabalhar coesos para aumentar a relevância da Federação nos municípios mineiros, sempre alinhados com as forças progressistas” diz.

A propósito, nos últimos dias, a ex-deputada Heloísa Helena, liderança da Rede muito ligada a Paulo Lamac, esteve em Minas para filiar um vereador em Juiz de Fora e, entre outras agendas, participar de conversas sobre o partido e a federação. Em Minas, há alguns meses, a Rede vem enfrentando uma crise interna entre grupos ligados a Lamac e à deputada estadual Ana Paula Siqueira.

No caso da formação da federação mineira Rede-PSOL, como a Rede conseguiu mais votos no Estado na eleição de 2022 do que o PSOL, o partido teve vantagem na distribuição de cargos no diretório estadual – 4 contra 3.

Leia também:

Fávaro vai à Câmara explicar fiasco no leilão de arroz

Cassinos voltam à mesa da CCJ do Senado

Justiça suspende atividades de mineradora na Serra do Curral em Belo Horizonte

Veja os Stories em @OFatorOficial. Acesse