Por que Lula cancelou agenda em Juiz de Fora e concentrou tudo em BH

Equipe do presidente não viu necessidade de passar dois dias em MG com poucos anúncios
Imagem do Lula com falando em público

Com dificuldades de montar uma agenda que justificasse passar dois dias em Minas, a equipe de Lula decidiu cancelar a visita do presidente por Juiz de Fora, na Zona da Mata, e concentrar tudo em Belo Horizonte, na próxima quinta-feira (8). Será na capital que Lula irá anunciar a viabilização das obras do Hospital Universitário da UFJF, além de fazer um balanço sobre todas as ações do governo federal envolvendo Minas. O Planalto ainda tenta a construção de algum anúncio envolvendo BH, como mostrou O FATOR na última quinta, mas, segundo um interlocutor, “tá difícil demais pelo curto tempo”.

Antes do evento petista, que será realizado no MinasCentro, com uma expectativa de reunir quase 800 pessoas, Lula deve se reunir com empresários mineiros.

A propósito, Lula quer que o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco, o acompanhe na agenda em BH, mas o parlamentar ainda não respondeu ao Planalto se conseguirá. A dúvida, na realidade, não é apenas no alinhamento de agendas, mas também se a passagem pela capital mineira renderá alguma sinalização de Lula ao pré-candidato petista à Prefeitura de BH, Rogério Correia. Pacheco, até aqui, quer se manter distante da discussão eleitoral uma vez que o PSD ainda debate internamente se terá Fuad Noman como candidato ou se apoiará outro nome.

Na sexta, por exemplo, o ministro de Minas e Energia, Alexandre Silveira, presidente licenciado do PSD mineiro, esteve reunido com a tesoureira nacional do PT, Gleide Andrade, que se aproximou de Correia nos últimos meses e tem sido interlocutores do deputado em algumas questões envolvendo a candidatura. No mesmo dia, o deputado Cássio Soares, que substituiu Silveira no comando do partido estadual, esteve com Gilberto Kassab, principal líder da legenda, em São Paulo, junto de Fuad, numa tentativa de consolidar a relação do prefeito de BH com os pessedistas.

Leia também:

STF vira palco de nova batalha judicial sobre ações de prefeituras contra mineradoras no exterior

A queda de braço entre o PT e o PRD pelo apoio do Republicanos em Contagem

Pontapé inicial do novo PTB em Minas tem Saraiva Felipe, Apolo Heringer e ex-deputados

Veja os Stories em @OFatorOficial. Acesse