Prudential e governo de MG acertam prorrogação do seguro de vida de 5 mil policiais

O acordo prevê reajuste escalonado dos valores pagos pelos policiais militares segurados
Homologado pela Justiça estadual, o termo estabelece parâmetros para o reequilíbrio técnico atuarial e financeiro das apólices do contrato de Seguro de Vida em Grupo e de Acidentes Pessoais com a Polícia Militar
Homologado pela Justiça estadual, o termo estabelece parâmetros para o reequilíbrio técnico atuarial e financeiro das apólices do contrato de Seguro de Vida em Grupo e de Acidentes Pessoais com a Polícia Militar

A Advocacia-Geral do Estado (AGE), representando o governo mineiro, fechou acordo com a seguradora Prudential do Brasil para prorrogar o seguro de vida de mais de 5 mil policiais militares em Minas.

Homologado pela Justiça estadual, o termo estabelece parâmetros para o reequilíbrio técnico atuarial e financeiro das apólices do contrato de Seguro de Vida em Grupo e de Acidentes Pessoais com a Polícia Militar, negociação que vinha sendo feita para garantir a segurança financeira dos PMs.

Para a gerente Jurídica da Prudential, Priscilla Arruda, a prorrogação do contrato está em linha com o propósito da companhia. “Proteger a vida de mais de cinco mil policiais militares é motivo de orgulho para a Prudential. São profissionais que se colocam em risco para garantir a segurança da população mineira”, ressalta.

A Prudential é líder no segmento individual em Minas Gerais com 36% de marketshare. Desde 2017, a seguradora oferece proteção aos PMs do Estado. A companhia se tornou responsável pela manutenção das apólices da corporação quando adquiriu a carteira de vida em grupo do Itaú, há sete anos.

O acordo prevê reajuste escalonado dos valores pagos pelos policiais militares segurados nos próximos cinco anos. Dessa forma, fica garantido o reequilíbrio dos contratos neste período, mantendo inalteradas e válidas todas as demais cláusulas das apólices e condições gerais vigentes, possibilitando que a Prudential honre o propósito de proteção.

Leia também:

Ex-deputado Narcio Rodrigues vira réu por suposto desvio em convênio em MG

A viagem de José Dirceu a Belo Horizonte

MPF vai investigar invasões e ameaças contra indígenas Pataxó em MG

Veja os Stories em @OFatorOficial. Acesse