Recado ou dificuldade? Contagem abre processo seletivo para nomear subsecretário

Relação difícil dentro da pasta gera comentários pela cidade
Alguns interlocutores entenderam a abertura do processo seletivo como, justamente, um recado da prefeita Marília Campos (PT) ao secretário.
Alguns interlocutores entenderam a abertura do processo seletivo como, justamente, um recado da prefeita Marília Campos (PT) ao secretário.

A Prefeitura de Contagem abriu um processo seletivo para escolher o novo subsecretário de Cultura da cidade. A iniciativa tem chamado a atenção porque, normalmente, cargos dentro da estrutura costumam ser indicados pelo titular da secretaria.

Pelo que apurou O FATOR, a existência do processo seletivo se dá pela dificuldade que Contagem tem enfrentado para encontrar nomes dispostos a atuar na pasta, vista como complicada por conta do “comportamento temperamental” do secretário Professor Ramon.

O ex-subsecretário da pasta, Marcelo Bones, por exemplo, teria deixado o cargo justamente por não ter boa convivência com Ramon.

Alguns interlocutores entenderam a abertura do processo seletivo como, justamente, um recado da prefeita Marília Campos (PT) ao secretário.

Leia também:

MDB presta solidariedade a deputado mineiro condenado por corrupção e confia em reversão de sentença

Fávaro vai à Câmara explicar fiasco no leilão de arroz

Cassinos voltam à mesa da CCJ do Senado

Veja os Stories em @OFatorOficial. Acesse