‘Só não será candidato a prefeito se ele não quiser’, diz Marcos Pereira sobre Tramonte em BH

Deputado estadual topou concorrer à PBH
"Se depender da vontade do partido, será (candidato). Só não será se ele não quiser". Foto: Divulgação/Republicanos

O presidente nacional do Republicanos, deputado federal Marcos Pereira (SP), afirmou, em conversa com O Fator, que o deputado estadual Mauro Tramonte só não será candidato a prefeito de Belo Horizonte se não quiser.

“Se depender da vontade do partido, será (candidato). Só não será se ele não quiser”, disse Pereira.

No último domingo (21), Tramonte, em jantar com outras lideranças do Republicanos mineiro, deu aval para se candidatar na capital. Há alguns anos o partido tentava convencer o deputado a disputar a eleição em BH, mas só agora o parlamentar topou o desafio.

Apresentador da TV Record Minas, Tramonte também tem sido sondado por outras lideranças. Nesta quarta (24), por exemplo, o deputado se encontrou com o ex-prefeito Alexandre Kalil para discutir a candidatura, segundo revelou o “Estado de Minas”. Apesar de estar fora dos holofotes desde que perdeu a eleição para governador em 2022 e não conseguir um cargo no governo Lula, Kalil tem participado de conversas com pré-candidatos da capital.

Mesmo com as movimentações, interlocutores da política mineira ainda não acreditam piamente na candidatura de Tramonte e veem a situação como uma tentativa de pressão do Republicanos a outras legendas, como o PSD e o PL.

Em 2022, o Republicanos apoiou a candidatura do senador Carlos Viana (Podemos) ao governo de Minas. O partido por pouco também não recebeu o parlamentar em seus quadros para disputar a prefeitura, mas não houve acordo entre as partes sobre o financiamento da campanha. Apesar disso, o partido filiou o filho do senador, o deputado federal Samuel Viana.

Leia também:

A difícil articulação para Álvaro Damião ser o vice de Fuad

Futebol e Política, juntos, podem fazer um mundo melhor

Quero um amor; um amor maior que eu

Veja os Stories em @OFatorOficial. Acesse