Carnaval de BH tem atrito entre vice-governador e prefeito

Governo de Minas vai investir R$8,5 milhões na festa da capital mineira
Governo de Minas faz o lançamento do Carnaval do Estado no Palácio da Liberdade, na Região Centro-Sul de Belo Horizonte
Professor Mateus, vice-governador de Minas, apresentou os investimentos que serão feitos pelo Executivo Estadual na folia

O lançamento do Carnaval de Minas Gerais acabou em descompasso entre o Governo do Estado e a Prefeitura de Belo Horizonte. 

O vice-governador Mateus Simões (Novo),  ao ser questionado sobre os motivos do Executivo Estadual investir alto na folia da capital mineira,  afirmou que a festa vem perdendo potência nos últimos anos.

Sem citar nomes,  o prefeito de Belo Horizonte,  Fuad Noman (PSD), rebateu as críticas nas redes sociais. 

“Como é bom ver todo mundo querendo participar do Carnaval de BH. Quem antes nunca ajudou, agora quer aproveitar. Isso é bom. A nossa festa é sucesso há mais de uma década e se tornou grande e disputada por ser popular, democrática e inclusiva. A festa é do povo”, comentou. 

Pitaco do Kertzman: Excelente! Sinal de que a população sairá ganhando. Quanto mais governantes e políticos empenhados em “aparecer”, se for mesmo esse o caso, melhor. Pior é quando se escondem, hehe

Leia também:

STF vira palco de nova batalha judicial sobre ações de prefeituras contra mineradoras no exterior

A queda de braço entre o PT e o PRD pelo apoio do Republicanos em Contagem

Pontapé inicial do novo PTB em Minas tem Saraiva Felipe, Apolo Heringer e ex-deputados

Veja os Stories em @OFatorOficial. Acesse