O indicado de Rodrigo Pacheco para presidir a Ceasa em Minas

Tuco Campos atua na empresa pública há anos e já passou pelo IMA e Seapa
A Ceasa Minas é uma estatal ligada à União. Foto: Divulgação/ALMG
A Ceasa Minas é uma estatal ligada à União. Foto: Divulgação/ALMG

O governo Lula vai nomear o técnico agrícola José Antônio de Freitas Campos, mais conhecido como Tuco Campos, como novo presidente da Ceasa em Minas. A escolha foi uma indicação do presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (PSD), que conhece Campos há algum tempo.

Natural de Passos, cidade do Sul de Minas onde também cresceu Pacheco, Campos atua na Ceasa há seis anos. Durante o governo de Fernando Pimentel, passou pela gestão do Instituto Mineiro de Agropecuária (IMA) e pela Secretaria de Estado de Agricultura e Pecuária. Na época, era mais ligado ao então vice-governador Antônio Andrade.

No mês passado, o ex-presidente da Ceasa Luciano José de Oliveira deixou o comando da empresa pública após renunciar ao cargo. Interlocutores chegaram a apontar que sua saída teria acontecido após pressão do PT, que queria a vaga. Já fontes petistas negaram e disseram que Luciano, na realidade, será candidato a prefeito de Carandaí e, por isso, precisou sair.

Leia também:

Desembargador mantém competência de Belo Horizonte em recuperação judicial do Grupo Coteminas

Apologia a atos terroristas pode render multa de até R$ 20 mil em BH

Filho de Célio de Castro desiste de disputar vaga na Câmara de BH

Veja os Stories em @OFatorOficial. Acesse