MDB estuda licenciar deputado federal para segundo suplente assumir

Ulisses Guimarães iniciou articulação há alguns meses, mas resultado é improvável
A reunião no último domingo em Araxá, que contou com a presença das principais lideranças da legenda, teve como pauta principal essa articulação
A reunião no último domingo em Araxá, que contou com a presença das principais lideranças da legenda, teve como pauta principal essa articulação

O MDB de Minas estuda licenciar o mandato de um de seus dois deputados federais – Newton Cardoso Jr. e Hercílio Diniz – para dar espaço ao ex-prefeito de Caldas, no Sul do Estado, Ulisses Guimarães, que ficou como segundo suplente na eleição de 2022. A ideia é fortalecer o nome de Guimarães, que pretende se candidatar novamente à prefeitura da cidade.

Pelo que apurou O FATOR, a articulação foi um dos temas tratados na noite deste domingo (25) durante reunião do MDB mineiro em Araxá, que contou com a presença do presidente nacional do partido, o deputado federal Baleia Rossi (SP). Interlocutores apontam que a movimentação é possível, mas difícil de acontecer.

Ulisses é próximo de Newton Cardoso Jr. e tem construído a articulação há alguns meses. O primeiro suplente, o ex-deputado Fábio Ramalho, já teria dito que não pretende retornar à Câmara e, por isso, abriria o espaço para o ex-prefeito.

A propósito, a reunião emedebista também tratou a disputa eleitoral em diversas cidades do Estado. Sobre Belo Horizonte, houve sinalização sobre as conversas do partido com o presidente da Câmara Municipal, Gabriel Azevedo (sem partido), mas uma definição sobre a eleição na capital vai ficar pra outra reunião, prevista para abril.

Leia também:

Federação PT-PV-PCdoB adia prazo para tomar decisão sobre candidaturas em grandes cidades

Movimentos sociais vão entregar a vereadores PL por tarifa zero nos ônibus em BH

Ex-deputado Narcio Rodrigues vira réu por suposto desvio em convênio em MG

Veja os Stories em @OFatorOficial. Acesse