Prefeito de Itapecerica reassume presidência da Associação das Cidades Históricas de Minas Gerais

Por motivos do calendário eleitoral, o então presidente da entidade e prefeito de Ouro Preto, Ângelo Oswaldo, e seu primeiro vice-presidente, o prefeito de Paracatu, Igor Santos, deixaram os cargos
A Associação das Cidades Históricas de Minas Gerais foi fundada em 2003 com a finalidade de congregar e defender os objetivos de seus 30 municípios associados em toda Minas Gerais.
Wirley Rodrigues: defesa dos 30 municípios históricos do estado (Foto: Divulgação)

O prefeito de Itapecerica, na região centro-oeste de Minas Gerais, Wirley Rodrigues Reis, mais conhecido como Têko, reassumiu a presidência da Associação das Cidades Históricas de Minas Gerais (ACHMG), no último dia 5 de abril. Têko já havia presidido a entidade por dois mandatos, entre 2021-2023.

Por motivos do calendário eleitoral deste ano, o então presidente da entidade e prefeito de Ouro Preto, Ângelo Oswaldo, e seu primeiro vice-presidente, o prefeito de Paracatu, Igor Santos, deixaram os cargos.

Em uma nova eleição entre os membros da diretoria, dentro das regras do estatuto da entidade, o prefeito de Itapecerica, Têko, assumiu a presidência, tendo como primeiro vice-presidente, o prefeito de Diamantina, Juscelino Roque. O cargo de segundo vice-presidente continua sendo ocupado pelo prefeito de Caeté, Lucas Coelho.

Respeitado pelos colegas gestores das cidades históricas mineiras, tendo uma passagem brilhante pela ACHMG, Têko foi muito elogiado pelos colegas prefeitos, na certeza de que fará mais um grande mandato à frente da tradicional associação. Ele fica no cargo até a realização das próximas eleições da entidade, no final deste ano.

“Podem contar com minha total dedicação na defesa da pauta das cidades que guardam o patrimônio cultural de Minas Gerais. Presidir essa associação pela segunda vez é motivo de orgulho e, com certeza, aumenta a nossa responsabilidade em fazer um trabalho ainda melhor”, comemora Têko.

PERFIL

Assumindo a Associação para um segundo mandato, o prefeito de Itapecerica, Wirley Rodrigues Reis, mais conhecido como Têko, tem 43 anos. Graduado em administração de empresas, foi eleito prefeito do município em 2016 e reeleito em 2020, com mais de 80% dos votos, um marco na história da cidade. Como prefeito, vem se destacando em todo o estado de Minas Gerais, sendo hoje uma reconhecida liderança política mineira.

Além do sucesso de sua administração como chefe do executivo municipal, Têko é atuante em entidades representativas, como o Consórcio Intermunicipal de Saúde da Região do Vale do Itapecerica (CISVI), do qual é presidente, a Associação Mineira de Municípios (AMM), da qual é secretário-geral, da Associação das Cidades Históricas de Minas Gerais e a Associação dos Municípios da Microrregião do Vale do Itapecerica (AMVI), as quais também já presidiu.

Promotor de eventos, gestor cultural, social e administrador, desde muito jovem prestou, voluntariamente, importantes serviços para a população itapecericana, com atuação em diversas instituições e entidades pública

A ASSOCIAÇÃO

Fundada em 2003, a Associação das Cidades Históricas de Minas Gerais reúne 30 municípios. Entre seus municípios estão quatro Patrimônios Culturais da Humanidade reconhecidos pela Organização das Nações Unidas para a Educação, Ciência e Cultura (Unesco). São eles os centros históricos de Diamantina, no Vale do Jequitinhonha, e Ouro Preto, na Região Central; o Santuário do Bom Jesus de Matozinhos, em Congonhas, na Região Central; e o conjunto moderno da Pampulha, em Belo Horizonte. Há também o único Patrimônio Agrícola do Brasil, o Sistema Agrícola dos Apanhadores de Flores Sempre-Vivas, tradição centenária das comunidades da Serra do Espinhaço, na região de Diamantina, reconhecido pela Organização das Nações Unidas para a Alimentação e a Agricultura (FAO).

A Associação das Cidades Históricas de Minas Gerais é uma entidade civil de direito privado, sem fins lucrativos e em 2005 foi reconhecida como de utilidade pública pelo estado de Minas Gerais. Entre as muitas ações da Associação estão o permanente trabalho de auxílio e orientação aos municípios nos projetos de preservação, manutenção e de divulgação do acervo cultural, arquitetônico, histórico, paisagístico e natural de Minas Gerais.

Leia também:

STF vira palco de nova batalha judicial sobre ações de prefeituras contra mineradoras no exterior

A queda de braço entre o PT e o PRD pelo apoio do Republicanos em Contagem

Pontapé inicial do novo PTB em Minas tem Saraiva Felipe, Apolo Heringer e ex-deputados

Veja os Stories em @OFatorOficial. Acesse