A lorota de Lula sobre projetos aprovados no Congresso

Ao contrário do que disse no comício transmitido ao vivo pelo Canal Gov, Lula acumula derrotas no Legislativo
Lula em comemoração do 1º de Maio em 2024
Lula no 1º de Maio no estacionamento do Itaquerão: lorota brava. Foto: Ricardo Stuckert/PR

Além de pedir votos antecipadamente para Boulos – o que é proibido pela lei eleitoral – Lula usou o 1º de Maio em São Paulo para contar uma tremenda lorota.

“Nós fizemos alianças políticas para governar e, até hoje, presta atenção, até hoje todos os projetos que nós mandamos para o Congresso foram aprovados de acordo com os interesses de que (sic) o governo queria”, disse o presidente.

É mentira.

Uma consulta simples ao site da Câmara dos Deputados mostra que o governo enviou 38 projetos de lei em 2023, dos quais 14 foram aprovados.

Nessa conta nem está o PL 2630, o famoso “projeto das fake news”, que teve forte apoio do governo, porque o projeto originalmente é de autoria do senador Alessandro Vieira (MDB-SE) e portanto o texto veio do Senado.

Em 2024, até agora, o governo enviou 7 projetos de lei, dos quais 2 foram aprovados na Câmara.

Se incluirmos os PLCs (projetos de lei complementar), podemos falar também, entre outros, do PLC 12/2024, o famoso “PL do Uber”, enviado em 5 de março deste ano e que só recebeu um relator há duas semanas. O projeto teve a urgência cancelada.

E isso sem falar nas 52 medidas provisórias editadas em 2023, das quais apenas 8 foram convertidas em lei no mesmo ano.

Leia também:

Ex-deputado Narcio Rodrigues vira réu por suposto desvio em convênio em MG

A viagem de José Dirceu a Belo Horizonte

MPF vai investigar invasões e ameaças contra indígenas Pataxó em MG

Veja os Stories em @OFatorOficial. Acesse