Durante evento em Nova Lima, Lula recorda caso de modelo morta e constrange presentes

Presidente lembrou da amizade com Walfrido Mares Guia e diálogo quando o convidou para assumir ministério
Apesar de ter prestado depoimento, o inquérito não colocou Walfrido como suspeito ou alvo
Saia justa em evento em Nova Lima (MG) Foto: Divulgação/Planalto

Uma fala do presidente Lula (PT), durante a inauguração da fábrica da Biomm nesta sexta-feira (26), em Nova Lima (MG), causou enorme constrangimento aos presentes, em especial ao ex-ministro Walfrido dos Mares Guia, sócio do empreendimento.

Ao iniciar seu discurso, Lula lembrou do início da amizade com Walfrido e o convite para que o empresário assumisse o Ministério do Turismo em 2003, em seu primeiro mandato. Mas Lula acabou recordando uma passagem nada agradável, quando o ex-ministro, à época deputado federal, prestou depoimento por conta de uma investigação sobre a morte de uma modelo em Belo Horizonte, em agosto de 2000.

Na fala, Lula reproduziu o diálogo com Walfrido, no dia do convite para assumir o ministério, quando o empresário teria dito que não aceitaria por causa do desgaste que poderia causar:

“Tinha um processo aqui em Minas, de uma acusação de agressão física a uma mulher, e ele falou: ‘uma denúncia que envolve meu nome, nem a conheço. Se eu aceitar o cargo, as pessoas irão à imprensa e vão me massacrar. Não quero causar problemas dentro de casa também’.

E continuou: “Eu perguntei se ele fez. Ele disse que não. Então assuma a responsabilidade, venha para o governo e vamos brigar para defender sua inocência e sua honra. Então ele fez, foi ministro e aceitou a responsabilidade”, disse o presidente.

Apesar de ter prestado depoimento, o inquérito não colocou Walfrido como suspeito ou alvo. A investigação, depois, mostrou que a modelo teria sido assassinada por um detetive particular de Contagem com quem, supostamente, manteve relação.

Leia também:

STF vira palco de nova batalha judicial sobre ações de prefeituras contra mineradoras no exterior

A queda de braço entre o PT e o PRD pelo apoio do Republicanos em Contagem

Pontapé inicial do novo PTB em Minas tem Saraiva Felipe, Apolo Heringer e ex-deputados

Veja os Stories em @OFatorOficial. Acesse