Assédio de Fuad irrita PSDB-Cidadania

O convite incomodou tanto a Federação, que tucanos e membros do Cidadania frearam as conversas de apoio ao Prefeito
Fuad Noman em conversa com jornalistas na sede da Prefeitura de Belo Horizonte
Emissário de Fuad Noman causa desconforto em Federação (Foto: Amira Hissa/PBH)

O assédio de interlocutores ligados ao prefeito Fuad Noman (PSD) a pré-candidatos à Câmara de Vereadores de Belo Horizonte (CMBH), irritou – e muito – lideranças da Federação PSDB-Cidadania nesta quinta-feira (4).

Pelo que apurou O Fator, interlocutores do prefeito, especialmente o ex-deputado Paulo Lamac, têm interferido na formação da chapa de candidatos do PSD. Nesta quinta, reta final para trocas partidárias, cujo prazo termina no próximo domingo (6), Lamac convidou nomes da Federação a disputarem a eleição pelo PSD.

O convite irritou tanto, que tucanos e membros do Cidadania, agora, frearam as conversas de apoio à reeleição de Fuad Noman.

Já o presidente da Casa, vereador Gabriel Azevedo (MDB), enviou um interlocutor para oferecer candidatos à chapa tucana, tentando assim uma aproximação com o partido e possível apoio à sua candidatura.

A Federação PSDB-Cidadania pretende eleger dois vereadores, e conta com o apoio do governo para tentar uma terceira cadeira – é neste ponto que Gabriel tem atuado para conquistar o grupo.

A propósito, não é a primeira vez que o interesse do PSD em pré-candidatos de outros partidos causa irritação. Em fevereiro, o vereador Claudiney Dulim (Avante) disparou contra os articuladores de Fuad por terem filiado uma liderança a ele ligada.

Leia também:

STF vira palco de nova batalha judicial sobre ações de prefeituras contra mineradoras no exterior

A queda de braço entre o PT e o PRD pelo apoio do Republicanos em Contagem

Pontapé inicial do novo PTB em Minas tem Saraiva Felipe, Apolo Heringer e ex-deputados

Veja os Stories em @OFatorOficial. Acesse