Gabriel e Aro duelam pelo PRTB em mais um round

A batalha tem sido intensa: só nesta semana, três decisões judiciais diferentes alteraram o comando do diretório
PRTB virou a noiva desejada por Gabriel e Aro
Partido tornou-se uma espécie de noiva desejada por Marcelo Aro e Gabriel Azevedo (Foto: Divulgação)

Entre as muitas disputas pré-eleitorais que têm sido travadas, a batalha pelo comando do PRTB de Belo Horizonte tem chamado a atenção nos últimos dias. Legenda pouco conhecida pelo eleitor, que não costuma agitar o noticiário político, o Partido Renovador Trabalhista Brasileiro é desejado pelos grupos de Gabriel Azevedo, presidente da CMBH, e Marcelo Aro, secretário do governo de Minas, para hospedar candidaturas à Câmara Municipal neste ano.

A batalha tem sido intensa: só nesta semana, três decisões judiciais diferentes alteraram o comando do diretório. A mais recente é a da tarde desta sexta-feira (5), que recolocou o assessor de Gabriel, Guilherme Barcelos, o Papagaio, na Presidência do partido. Na quinta-feira (4), havia sido o grupo de Aro a conseguir uma decisão que dava a Wellington Aguilar, assessor da vereadora Professora Marli, mãe de Marcelo, o comando da legenda.

A chapa do PRTB, em si, não tem grande relevância na disputa pela prefeitura de BH, mas sinaliza poder às lideranças políticas que pretendem alojar aliados.

É esperado que o grupo de Aro recorra da decisão desta sexta – o prazo final para a filiação partidária é domingo (6), ou seja, serão dias agitados nos corredores da Justiça Eleitoral e nos gabinetes dos políticos da capital, bem como para quem pretende se candidatar pelo PRTB.

Ainda na manhã desta sexta-feira, a Federação PSDB-Cidadania chegou a acertar com Gabriel que os tucanos receberiam os pré-candidatos do vereador, que seriam colocados por ele no PRTB.

Leia também:

Fávaro vai à Câmara explicar fiasco no leilão de arroz

Cassinos voltam à mesa da CCJ do Senado

Justiça suspende atividades de mineradora na Serra do Curral em Belo Horizonte

Veja os Stories em @OFatorOficial. Acesse